quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Lennon, 70 anos

“Um simples canalha mata um rei em menos de um segundo”, protestam Beto Guedes e Ronaldo Bastos em Canção do Novo Mundo. A música remete à noite de 8 de dezembro de 1980, quando, em frente ao edifício Dakota, em Nova York, um fanático assassinou John Lennon com cinco tiros. Passados 30 anos, Mark Chapman continua na cadeia; e Lennon, eternizado por velhos e novos admiradores de todo o mundo.

Co-responsável por uma das maiores revoluções culturais da humanidade, o ex-Beatle morreu aos 40 anos, portanto teria 70 neste fim de 2010. Pacifista que era, não celebrou a queda do muro de Berlim. Tampouco viu o ataque às torres gêmeas do WTC ou as guerras do Iraque e do Afeganistão. Certamente teria levantado a voz contra as barbáries que continuaram acontecendo após aquela gelada noite nova-iorquina. “...por que você não fez a bala parar?”

Fica aqui uma homenagem a esse gênio da música internacional.

video

Um comentário:

  1. "Quando fizeres algo nobre e belo e ninguém notar,não fique triste. Pois o sol toda manhã faz um lindo espetáculo e no entanto, a maioria da platéia ainda dorme..." Lennon
    Parabéns pelo blog.abs

    ResponderExcluir